A real diferença entre um bom chefe e um líder

A real diferença entre um bom chefe e um líder

Ser um bom chefe não implica em ser um líder. O verdadeiro líder é aquele que enfatiza suas competências mostrando-as na prática, que apresenta comportamentos alinhados com a cultura da empresa e com suas estratégias, que tem visão de longo prazo e que está apto a gerenciar conflitos e mudanças. No artigo de hoje, vamos explorar as diferenças entre chefe e líder e destacar pontos de melhoria e autodesenvolvimento. Acompanhe:

O chefe

O chefe é portador do discurso “Não é permitido errar”. O que acontece com os subordinados que falham é uma decadência constante, pela pressão e repreensão, de sua integridade moral perante os companheiros. Há chefes que se comprazem em intensificar a carga psíquica negativa, sem se comunicar de forma direta e transparente, tornando-se uma figura controversa, com um time sempre armado, que trabalha na defensiva.

Esse modelo autoritário e controlador faz parte da história da administração, mas não se encaixa mais nos moldes de gestão atuais. Esse tipo de gerenciamento arcaico não cria um ambiente estimulante de troca de ideias e experiências, muito menos de soluções rápidas para os problemas.

O foco está no cumprimento de tarefas, não há estímulos à criatividade,  e se o chefe elogia os seus subordinados — o que é muito raro —  isto se torna um troféu, uma fonte de satisfação narcisista e individual, que serve para estimular a competição, criando nos outros indivíduos inveja e cobiça.

O líder

Um líder encara de outra forma os erros que ocorrem. Ele não deixa que isto afete a produtividade de sua equipe, pois não personaliza o acontecido nem penaliza o subordinado. Ele enxerga as falhas dos processos, identifica os gargalos e propõe um plano para acertar e corrigir as rotinas. Além disso, assume a responsabilidade e atua em conjunto com seus liderados e, com isso, trabalha junto para aprimorar os processos.

Seu foco é aproveitar o melhor de cada um e liderar pelo próprio exemplo. Para isso, ele tem um canal de comunicação aberto, é admirado e estimula a criatividade. Ele fornece feedbacks constantes, envolvendo seus subordinados com os valores organizacionais, criando um sentimento espontâneo de entrega, dedicação e comprometimento com o trabalho e a empresa.

Outra característica é que o líder prepara outros para liderarem. Em vez de viver enclausurado em sua salinha dando ordens, ele identifica os perfis que se sobressaem e os traz para junto de si, pois sabe que assim cria mais aliados.

O líder sabe pedir ajuda se precisar e reconhecer suas falhas, pois tem consciência de que entender e reconhecer as próprias vulnerabilidades é necessário para conseguir inovação e aprimoramento pessoal e profissional. Como o caminho natural de um bom líder é alcançar níveis e responsabilidades cada vez maiores, se ocorrer uma promoção, ele já terá possíveis pessoas para indicar e que poderão ocupar o seu lugar, realizando uma transição tranquila e sem causar estresse na organização,

As características de um líder bem-sucedido

O líder obtém o respeito e a consideração dos seus pares e subordinados por suas ações e por executar seu trabalho de uma forma admirável. Eles estão antenados com as novas tecnologias e sempre se atualizando e aprendendo. O líder entende e abraça o fato de que pode não tomar as melhores decisões ou ter todas as respostas. Em vez disso, ele toma o caminho eficaz de contar com a inteligência coletiva de uma equipe em vez de tomar decisões ruins.

A organização forma os seus líderes na medida em que oferece uma determinada cultura, uma estrutura de valores e de normas, uma maneira de pensar, um modo de apreensão do mundo que orienta e marca a conduta de seus contratados. Liderar uma equipe exige, além de todas as características que citamos, muita maturidade.

Sempre é tempo de fazer uma análise de si mesmo e da estrutura hierárquica a que se está ligado para identificar se essas características estão realmente presentes, pois não basta que elas estejam apenas latentes. Um chefe pode se tornar um líder  desde que a organização também ofereça condições para que seja capaz de mudar sua conduta.

Concorda com os nossos apontamentos sobre chefe e líder? Compartilhe suas opiniões nos comentários!

Deixe um comentário