O Super Bowl é um dos maiores eventos esportivos do mundo. No dia que ele ocorre, mais de 100 milhões de pessoas, espalhadas por todos os continentes, param para assistir a partida. Além disso, nos Estados Unidos a data gera um clima de feriado nacional, o Super Bowl Sunday (domingo de Super Bowl, em português).

Por essas primeiras informações já é possível perceber a grandeza da partida, não é? Mas apesar de ser amplamente divulgado pela impressa no Brasil, ainda é comum algumas dúvidas sobre o que realmente é o Super Bowl.

Neste artigo, vamos falar sobre as curiosidades e alguns jogos históricos. Continue a leitura!

Afinal, o que é o Super Bowl?

O Super Bowl é um campeonato? Existe a final do Super Bowl? Essas são algumas dúvidas sobre esse evento esportivo. Mas para acabar com as confusões, vamos direto ao ponto: não é um campeonato, e sim, a grande final da NFL (National Football League), a liga profissional de futebol americano dos Estados Unidos — mais adiante você entenderá melhor como funciona essa competição.

O futebol americano faz parte da cultura nacional. Por todos os cantos do país, as pessoas se reúnem para assistir e torcer entusiasmadamente. A partida final é um espetáculo de grandes proporções, que supera a disputa para se tornar um grande eventomidiático.

Para se ter uma ideia, as propagandas exibidas por apenas 30 segundos, e apenas uma vez, custam milhões de dólares e precisam de meses de antecedência para conseguir uma inserção.

Há ainda outro ponto que torna o Super Bowl mais superlativo: o halftime show — a apresentação musical no intervalo da partida. Durante as décadas de 70 e 80, as apresentações limitavam-se as bandas e artistas poucos conhecidos. Na década de 90, a produção começou a apostar em artistas consagrados, em 1993, por exemplo, o show ficou por conta do astro Michael Jackson.

A partir daí o evento ficou ainda mais espetacular, recebendo nomes importantes do cenário musical. Entre as principais apresentações, vale destacar as seguintes: Paul Mccartney (2005), Rolling Stones (2006), Madonna (2012), Coldplay (2016) e Lady Gaga (2017).

Por fim, saiba que os ingressos para assistir a partida no estádio são extremamente disputados, mesmo com valores passando dos 1000 dólares.

Como são definidos os participantes?

Mas se o Super Bowl não é um campeonato, de onde vem as equipes participantes? Como foi dito, esse jogo é a final da liga de futebolamericano, por isso, para entender a definição das equipes é preciso saber as suas regras.

A NFL é formada por 32 times, divididas em duas conferências: AFC (American Football Conference), a conferência americana, e a NFC (National Football Conference), a conferência nacional.

Com isso, são 16 equipes para cada lado e que formam outras 4 divisões: norte, sul, leste e oeste. Por três meses (setembro a dezembro), todas as 32 equipes se enfrentam, chegando a um total de 16 competições para cada uma.

Passada essa fase, inicia-se outra em janeiro, com um campeonato à parte, chamado de playoffs. Ele é disputado pelas quatro equipes campeãs de cada uma das conferências, mais quatro equipes de melhor campanha — duas da AFC e duas da NFC.

Essas competições são eliminatórias e, além disso, quem fez uma melhor campanha na temporada regular tem o mando de campo. O que traz a vantagem de ter a torcida mais perto empolgando e motivando.

Depois disso, os campeões de cada uma das conferências, chega à final: o Super Bowl. Ele ocorre sempre no primeiro domingo de fevereiro.

Quando e como essa competição começou?

O Super Bowl já tem uma história de mais de 50 anos, a primeira partida ocorreu em 15 de janeiro de 1967, no Los Angeles Coliseum, na Califórnia. Mas neste início as equipes não eram definidas pelas regras que explicamos no tópico anterior.

Nesta época, a NFL era rival da Liga Americana de Futebol, a AFL (American Football League), ou seja, haviam duas ligas profissionais de futebol americano. Porém, ambas concordaram em fazer uma partida entre os campeões da temporada anterior, o que daria início ao AFL-NFL Championship Game.

O Jogo foi disputado entre o Green Bay Parckers (NFL) e o Kansas City Chiefs (AFL), quem se consagrou campeão foram os Packers, por 35 a 10. O Green Bay conquistou o bicampeonato já no ano seguinte, ao derrotar o Oakland Raiders.

Somente em 1969, as duas ligas fizeram uma fusão, o que resultou na atual NFL. A partir desta união, o jogo final passou a ser nomeado de Super Bowl.

Quantas edições já aconteceram?

Como ocorre apenas uma vez por ano, em 2018, o Super Bowl chegou a sua 52ª edição, com o jogo disputado entre o New England Patriots e o Philadelphia Eagles, em Mineapolis. O placar final apontou a vitória para os Eagles, de 41 a 33.

Nos Estados Unidos, a contagem das edições é feita em algorismos romanos, sendo que a última é conhecida por LII, inclusive, no logotipo do evento.

Quais são as principais curiosidades do Super Bowl?

Um evento importante como o Super Bowl tem muitas curiosidades e fatos marcantes. Por conta disso, relacionamos os mais interessantes a seguir. Continue e veja todos!

Maiores conquistadores

A equipe que mais venceu o Super Bowl é a Pittsburgh Steelers, foram seis conquistas ao todo. Em segundo lugar, está o New England Patriots, com cinco vitórias. Já o time com mais participações é o Dallas Cowboys, que disputou oito Super Bowls.

Troféu imponente e prêmios

O troféu entregue ao campeão, o “Vince Lombardi Trophy”, leva o nome do técnico do Green Bay Packers, que venceu as duas primeiras edições do Super Bowl, em 1967 e 1968.

Além disso, o troféu Lombardi é uma verdadeira joia, pois é produzido à mão em prata legítima. A responsável pela produção é a tradicional joalheria Tiffany & Co. Ele mede 55 centímetros de altura e pesa cerca de 3,5 kg, o seu valor é estimado em torno de 12 mil dólares.

Mas esse não é o único prêmio da competição, cada um dos integrantes da equipe vencedora ganha um anel de ouro branco 14 quilates, que é ornamentado com diamantes e o escudo do time.

Shows de grandes artistas

O show de Katy Perry, em 2015, registrou a maior audiência do evento: mais de 120 milhões de pessoas assistiram à apresentação da cantora.

Maior diferença de placar

A maior diferença no placar ocorreu na competição de 1990. Na ocasião, o San Francisco 49ers venceu o Denver Broncos por 55 a 10, registrando a maior diferença de pontos da história do Super Bowl.

Maior virada

A maior virada da decisão ocorreu no Super Bowl 51, em 2017; o Atlanta Falcon ganhava de 28 a 3 contra o New England Patriots, porém a virada ocorreu e o Patriots levou o troféu por 34 a 28.

Como você pôde acompanhar, o Super Bowl é um evento extremamente importante e que replete toda a grandeza da cultura americana. Por isso, é uma ótima alternativa para um programa de bonificação com viagens de incentivo. Afinal, quem não se sentiria valorizado e motivado ao ganhar uma recompensa exclusiva como esta, concorda?

Agora que você já conhece o Super Bowl, aproveite para saber mais sobre outro evento esportivo: a Copa do Mundo da Rússia e a cidades que vão sediar o torneio.