Como calcular o ROI de ações de gestão de pessoas?

  • Post Author:
  • Post Category:Blog
Como calcular o ROI de ações de gestão de pessoas?
como-calcular-o-roi-de-acoes-de-gestao-de-pessoas-aj-entregar-ate-0512-20h

Muitos empresários usam o ROI para calcular o retorno de seus investimentos e assim decidir por sua viabilidade ou não. Uma das vantagens do ROI é que é possível calculá-lo por setor, produto, serviço ou estratégia, ampliando suas possibilidades de análise.

Veja a seguir como usar o ROI de ação de gestão de pessoas e faça isso em sua empresa!

O conceito de ROI: para entender melhor

O ROI é uma métrica cuja finalidade é calcular o desempenho financeiro de uma aplicação feita pela empresa. Resumindo, ele fornece informações valiosas sobre lucro ou prejuízo. Sua fórmula original, utilizada para finanças é:

ROI = receita – investimento / investimento

Para valores percentuais, basta multiplicar o resultado dessa divisão por 100.

A relação entre ROI e RH

O ROI também pode ser usado no setor de Recursos Humanos, de modo a mensurar os benefícios de um investimento feito, por exemplo, no intuito de treinar seus funcionários. A primeira inovação é que o gestor vai considerar o capital aplicado em treinamentos e atualizações não mais como simples despesas, mas como investimentos – a empresa terá um retorno sobre ele.

Caso o gestor invista R$ 1.500,00 em treinamento para seus colaboradores e, após esse treinamento, a equipe mostre-se capaz de trabalhar com mais habilidades e gerar mais lucro para o negócio, provavelmente, o gestor terá realizado um bom investimento.

O objetivo de qualquer investimento é, afinal de contas, oferecer boa rentabilidade para o investidor, aumentar seus ganhos.

O cálculo do ROI na gestão de pessoas

Já se mostrou como calcular o ROI através de uma fórmula geral. Vejamos como calcular o ROI em um caso específico de gestão de pessoas.

Suponhamos que você gastou (ou melhor, investiu) R$ 2.000,00 em um treinamento para seus funcionários e até para outros gestores da empresa. Ao final de um mês, esse treinamento proporcionou o retorno de R$ 8.000,00 e reduziu em custos mensais o equivalente a R$ 3.000,00. Isso significa que houve um aumento na receita de R$ 11.000,00. Substituindo na fórmula, tem-se:

ROI = 11.000 – 2.000 / 2.000

ROI = 4,5

Calculando a taxa percentual:

4,5 x 100 = 450%

Levando em conta que um retorno sobre o investimento já pode ser considerado muito bom, esse valor pode representar um valioso retorno. Seria como se você investisse em uma aplicação do mercado financeiro um valor de R$ 100,00 e tivesse um ganho, ao final do mês, de R$ 450,00!

De qualquer modo, para avaliar a importância desse número, é preciso definir um parâmetro  de desempenho a partir de sua análise de mercado, identificando um valor aceitável para seu negócio.

A importância do ROI para a gestão de pessoas

Através do ROI, é possível explicar os custos voltados para o desenvolvimento das habilidades humanas. Para implantar o ROI em sua empresa, é necessário definir metodologias de mensuração que possam ser aplicadas em todos os setores. Medir não somente os benefícios diretos, mas também os indiretos proporcionados pelo investimento.

No exemplo acima, o benefício direto foi o valor de R$ 8.000,00 a mais na receita do mês. Um benefício indireto foi a economia de R$ 3.000 nas despesas, que também otimiza o fluxo de caixa. Ainda é possível avaliar o quanto de economia de tempo se ganhou com a aplicação do treinamento. Existem muitas maneiras de avaliar as vantagens de determinado investimento a partir do ROI.

Lembre-se de quanto mais bem treinados e estimulados seus funcionários estiverem, maiores serão as chances de atingir as metas propostas no planejamento. Com o ROI, é possível relacionar o investimento em gestão do pessoal com o alcance das metas.

Deixe seu comentário e aproveite para seguir a Top Service Incentive Travel & Events no Facebook e LinkedIn!