Duas sedes da Copa do Mundo FIFA™ 2018 que merecem a visita dos seus parceiros de negócio

  • Post Author:
  • Post Category:Blog
Duas sedes da Copa do Mundo FIFA™ 2018 que merecem a visita dos seus parceiros de negócio
duas-sedes-da-copa-do-mundo-2018-que-merecem-sua-visita

A Rússia é conhecida por sua grande extensão territorial e seu frio intenso. No entanto, o país que faz parte tanto da Europa quanto da Ásia possui muito mais que essas características. Por isso, o país sede da Copa do Mundo da FIFA™ em 2018 não decepciona em relação aos seus pontos turísticos — repletos de beleza e história.

Dessa forma, podemos destacar duas importantes cidades da Rússia entre as que receberão os jogos: São Petersburgo e Moscou. Então, neste post mostraremos o que essas cidades têm de bom a oferecer e por que merecem entrar no roteiro da viagem que incentivo que você está pensando em promover. Confira!

São Petersburgo

Também já nomeada de Petrogrado e Leningrado, São Petersburgo é a segunda maior cidade russa. Ela foi fundada em 1703 pelo Czar Pedro I e está localizada às margens do rio Neva. Além disso, chama a atenção por ser uma cidade com características mais europeias devido à presença de vários canais e a arquitetura típica de outros locais do continente.

Entretanto, o fato de ser mais parecida com outras cidades da Europa não a torna menos especial — pelo contrário, ela possui pontos turísticos que fazem a visita ainda melhor. Conheça alguns deles!

1. Museu Hermitage

O Museu Hermitage é um dos maiores museus do mundo e conta com um grande e variado acervo artístico equivalente a 3 milhões de peças. É composto por 5 edifícios, entre eles o Palácio de Inverno — que foi residência oficial dos czares por mais de um século.

Além disso, as obras são extremamente valiosas — afinal, são provenientes de vários locais do mundo, como a África e Europa. Os próprios monumentos que constituem o museu são incríveis e contam com uma arquitetura rica em detalhes. Devido à sua imensidão, é recomendável adicionar um pouco mais de tempo para essa visita no roteiro preparado para o grupo, para que eles conheçam as obras mais importantes e a história do museu.

2. Catedral de Santo Isaac

A imponente Catedral de Santo Isaac é a maior catedral ortodoxa da cidade e uma das maiores do mundo. Ela foi construída entre os anos de 1818 e 1858 e dedicada ao Czar Pedro. Uma curiosidade é que, após a Revolução Russa em 1917, a igreja foi fechada e reaberta em 1931 como um museu.

O interior do monumento é composto por mármore e pedras semipreciosas, sendo que as paredes são muito decoradas por imagens de santos e vitrais. Além disso, mais de 3 milhões de turistas já visitaram a catedral, o que nos faz perceber sua importância para o turismo local.

3. Nevsky Prospekt

A Nevsky Prospekt é a principal Avenida de São Petersburgo. Ela é muito extensa e se constitui de estabelecimentos para gostos diversos. Nela é possível encontrar desde lojas de roupas e souvenires até prédios que só de olhar revelam uma história e cultura rica.

Além disso, a Nevsky Prospekt conta com um vasto número de restaurantes que servem comidas típicas. Assim, é um ótimo local para que o pessoal desfrute da gastronomia regional.

4. Jardim de Verão

Construído na área do Palácio de Verão, também a mando do czar Pedro I, o Jardim de Verão é uma fuga para a natureza em meio à movimentada cidade de São Petersburgo. Ele possui uma vasta área verde, que o torna tão belo e aconchegante.

As fontes e as 79 esculturas presentes ali também contribuem para a formação da beleza e particularidade deste local tão requisitado pelos nobres do século XVIII. Além de tudo, a entrada é gratuita!

5. Teatro Mariinsky

O Teatro Mariinsky possui mais de dois séculos de existência e contribuiu significativamente para a formação cultural da música russa. Afinal, nele importantes músicos como Tchaikovsky, Mussorgsky e Rimsky-Korsakov apresentaram suas obras. No teatro são exibidas importantes apresentações de ópera e balé.

Moscou

Grande centro econômico, político e cultural da Rússia, Moscou é a capital do país e uma das mais populosas cidades da Europa e do mundo. Marcada pelo frio intenso durante o inverno, a cidade também oferece um ótimo roteiro de viagem. Afinal, possui vários pontos turísticos para gostos diversos, dos quais listaremos 5. Veja!

1. Catedral de São Basílio

Ao procurar imagens da Rússia, a fotografia de um monumento imponente e colorido é uma das que mais aparecem. Esse monumento é a Catedral de São Basílio, uma grande referência dos cartões postais russos.

Por isso, é um local que não pode deixar de ser visitado na ida para a Copa do Mundo 2018, pois sua peculiaridade se dá justamente pelo seu tamanho, sua forma e suas cores, assemelhando-se aos palácios que vemos nos desenhos animados. A Catedral foi construída entre os anos de 1555 e 1561 e está localizada na Praça Vermelha.

2. Galeria Tretyakov

A Galeria Tretyakov é uma galeria de arte russa que possui obras que remontam desde o século XI até os dias atuais. Ela foi construída em 1856 com a intenção de valorizar a arte nacional. Por isso, nela estão armazenadas várias pinturas de renomados artistas russos. Ela pode até parecer pequena, mas seu interior é extenso e demanda tempo para conhecê-lo.

3. Rua Arbat

Assim como a Nevsky Prospekt em São Perterburgo, na Rua Abart em Moscou é possível encontrar diversas lojas, bares, restaurantes e prédios. Um desses edifícios é a Casa de Alexander Pushkin, o museu do maior poeta russo. Além disso, graças à grande presença de músicos na rua, é possível buscar programas alternativos para diversão.

4. Kremlin

O Kremlin é a sede do governo russo, um complexo fortificado que abriga vários dos monumentos conhecidos, inclusive a casa oficial do presidente da federação russa. Ademais, ele pode ser entendido como um grande símbolo de poder e imponência.

5. Teatro Bolshoi

O luxuoso edifício do Bolshoi, renomado ponto turístico de Moscou, foi inaugurado em 20 de outubro de 1856, no dia da coroação do Czar Alexander II. No teatro funciona uma das mais requisitadas escolas de balé do mundo. Ele fica aberto todos os dias e possui visitas guiadas em grupo. Além disso, é possível assistir aos inúmeros espetáculos que são apresentados ali anualmente.

Vale apenas lembrar que, para conhecer essas duas cidades, será necessário disponibilidade. Portanto, é preciso que, durante a viagem, a equipe aproveite ao máximo os tempos livres entre os jogos da Copa do Mundo 2018 a fim se aventurar e conhecer as maravilhas que Moscou e São Petersburgo proporcionam aos seus visitantes!

Agora que você já sabe por que essas duas cidades russas devem ser visitadas, compartilhe este post em suas redes sociais para que outros parceiros também possam conhecer os atrativos do turismo de incentivo no país.