Melhore o relacionamento com investidores em 4 passos

  • Post Author:
  • Post Category:Blog
Melhore o relacionamento com investidores em 4 passos
103818-melhore-o-relacionamento-com-investidores-em-4-passos

Quem lida com uma empresa sabe o quanto é importante ter capital para cobrir todos os custos, estar preparado para qualquer emergência e, ainda, investir no seu crescimento. Uma das formas de conseguir esses recursos é por meio de um bom relacionamento com investidores. Se eles acreditam que o seu negócio trará lucro, eles vão patrocinar suas ideias.

Sabendo disso, fica a pergunta: como conseguir esse bom relacionamento? Essa é uma questão um pouco difícil, mas existem alguns pontos centrais e técnicas para melhorar o relacionamento entre empresa e investidores. Veja aqui 4 passos para alcançar essa boa relação:

1. Busque um investidor mais adequado

Pode parecer que o bom relacionamento com investidores não depende da área de atuação ou nicho de investimento, mas é justamente o contrário. Quanto mais presente aquele investidor estiver no seu ramo de trabalho, mais próximo da sua lógica de atuação ele estará. Isso significa que ele terá muito mais propriedade para avaliar a sua empresa e reconhecê-la como um bom investimento.

Da mesma forma, esse tipo de investidor é um grande aliado. Como ele já viu outros negócios semelhantes atuando no mercado, ele pode dar conselhos, oferecer ajuda empresarial e mostrar algumas formas alternativas para conseguir mais destaque e, então, aumentar a rentabilidade.

2. Ofereça suas informações

Muitos empreendedores que ainda não estão acostumados com o modelo de capital aberto têm medo de divulgar informações confidenciais sobre finanças, planejamento estratégico de negócios, entre outros. Porém, para ter um melhor relacionamento com investidores, você vai precisar que eles confiem em você e na sua capacidade de retornar esse investimento. Para isso servem as estatísticas da empresa.

Um bom profissional de Relacionamento com Investidores (RI) coleta dados de vários setores, como o financeiro, jurídico e de planejamento empresarial. Ele apresenta esses dados nas reuniões de investimento para embasar qualquer pedido financeiro. Pense bem: você também não investiria em nenhum negócio sem saber como ele funciona. Marque uma reunião ou uma viagem de negociação e troque todos os dados que precisar.

3. Estabeleça os termos de confidencialidade

Apesar de uma relação empresarial prezar pela sinceridade, também é necessário que cada parte possa manter seus segredos em sigilo. A questão é: até que ponto? Todo empreendedor possui certo nível de sigilo com relação a seus investimentos e negócios. Mesmo que ambos precisem trocar informações, é importante estabelecer de antemão os limites dessa troca.

Antes de redigir o contrato de investimento, é importante que, durante a reunião com seus colaboradores, todos os termos sejam colocados na mesa. Cada parte deve estabelecer quais informações serão fornecidas indiscriminadamente e quais serão mantidas em sigilo. Mesmo aquelas que podem ser compartilhadas entre os dois também devem ser mantidas em segredo para outras empresas, investidores e para o público.

4. Em caso de dúvida, ofereça um reforço extra

Em muitos casos, após apresentar a proposta, o investidor ainda ficará em dúvida. Mas, ao invés de simplesmente ligar e cobrar um posicionamento, você pode usar uma metodologia mais persuasiva. Ligue quando tiver alguma novidade, um novo dado ou algo que estimule uma resposta positiva. Se o investidor já estava inclinado a entrar no circuito, esse será o último ponto necessário.

Agora que você sabe alguns meios para promover o melhor relacionamento com investidores, é hora de começar a tomar suas atitudes. Quer continuar acompanhando nossos conteúdos? Então siga-nos no Facebook e receba nossas novidades em primeira mão.