Reconhecimento e recompensa: o que é melhor para sua empresa?

  • Post Author:
  • Post Category:Blog
Reconhecimento e recompensa: o que é melhor para sua empresa?
reconhecimento-e-recompensa-o-que-e-melhor-para-sua-empresa

Para alcançar sucesso e lucros respeitáveis, e crescer no mercado, uma empresa precisa se atentar à forma como seus funcionários são tratados. Afinal, eles também são responsáveis pelo crescimento da mesma.

Existem duas boas formas de conseguir com que seu time seja mais produtivo e dê o melhor: o reconhecimento pelos esforços produzidos e a recompensa pelas metas conquistadas.

Mas afinal, o que é melhor para a sua empresa? Reconhecer o seu funcionário ou recompensá-lo? Para descobrir, primeiro entenda a diferença entre reconhecimento e recompensa, e depois decida!

Reconhecimento: do que se trata?

O ato de reconhecer significa dar os devidos méritos por algo que fora concluído ou realizado com êxito. Para um funcionário, ter o seu trabalho reconhecido significa praticamente atingir o sucesso profissional que tanto sonhou.

Muitas vezes, um “muito bem” ou “parabéns pelo trabalho bem feito” é o pontapé inicial para aumentar a produtividade de alguém e fazer com que ele comece a aprimorar ainda mais seus (já bons) resultados.

A grande vantagem do reconhecimento é o apelo emocional que ele carrega, já que o ser humano, inevitavelmente, espera ser retribuído por seus feitos, sendo relevante para a empresa e rendendo bons resultados. Isso estimula o aperfeiçoamento.

A valorização do trabalho de um funcionário pode ser feita de diversas maneiras: via e-mail, pessoalmente, ou até mesmo em reuniões, diante de outros colaboradores, fazendo-o servir de bom exemplo. O sentimento de “a empresa está me notando” desperta no funcionário a autorrealização e a vontade de continuar conquistando mais.

Recompensa: o que é realmente isso?

Por outro lado, a recompensa também possui amplas vantagens. O sistema mais conhecido de recompensa é o de comissões de vendedores.

Entenda por recompensa o recebimento de um benefício extra por um trabalho bem feito ou um objetivo alcançado. Parece promissor incentivar o funcionário a trabalhar mais para ganhar mais, porém encontramos um problema quando falamos em recompensa.

Normalmente, as empresas trabalham com metas. Quanto mais metas forem alcançadas, mais ganhos o colaborador teria. Ao atingir uma meta, o efeito pode ser o contrário. O funcionário pode se estagnar a ganhar apenas aquele bônus, fazendo com que atenue o ritmo de trabalho. Afinal, se ele trabalha, ele ganha; logo é possível que ele trabalhe apenas para ganhar um dado valor e descontinuar seus esforços ao atingi-lo.

E qual é o melhor para a sua empresa?

Agora que você sabe a diferença entre o reconhecimento e a recompensa, pense bem a fim de identificar o que é melhor para sua empresa.

Quando um funcionário tem seu trabalho reconhecido, ele recebe estímulos emocionais, algo que é capaz de fazê-lo perceber que está crescendo profissionalmente. Quando ele consegue uma recompensa, entende que está ganhando por aquilo que ele se esforçou.

O investimento com o reconhecimento profissional é menor do que a recompensa, e para que a recompensa valha a pena, deve ser algo extremamente marcante e que jogue nos mesmos moldes da emoção alcançada com o reconhecimento.

Por exemplo: uma grande ideia seria ofertar viagens para seus colaboradores. Essa seria uma ótima maneira para fazer com que o premiado se sinta valorizado e aproveite bons momentos por conta de seus méritos. O que pode dar a você não só a oportunidade de reconhecer publicamente seu bom trabalho, mas também recompensá-lo apropriadamente, com baixos custos e ótimas vantagens.

Você já pensou em reconhecer o trabalho individual de cada funcionário seu, e ao fim de um determinado período recompensar os melhores de sua equipe com uma viagem? Quer saber como você pode fazer isso? Entre em contato com a Top Service e descubra os benefícios de incentivar sua equipe com uma experiência inesquecível.